Revista de imprensa turca: 22.01.2018

Eis os temas hoje em destaque nos principais jornais da Turquia:

Revista de imprensa turca: 22.01.2018

Haber Turk: “A nossa vitória está muito próxima”

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, disse que a Operação Ramo de Oliveira em curso para eliminar o terrorismo em Afrin, na Síria, irá terminar o mais brevemente possível. O presidente turco disse que “estamos perto da vitória. Esperámos, e de repente, durante a noite, começámos a bombardear. Eles vão fugir e nós vamos persegui-los”.

 

Hurriyet: “Os heróis estão em Afrin”

O primeiro ministro da Turquia, Binali Yildirim, anunciou que os soldados turcos atravessaram a fronteira em Gulbaba às 11 horas e 5 minutos da Turquia e deu informações sobre a Operação Ramo de Oliveira. Yildirim salientou que existem entre 8 e 10 mil terroristas na zona e que a operação se irá desenrolar em 4 fases.

 

Yeni Safak: “O quartel está na fronteira”

O chefe do Estado Maior, o capitão general Hulusi Akar inspecionou a operação, tendo-se deslocado até Hatay juntamente com os comandantes dos vários ramos das forças armadas. Akar enviou uma mensagem aos soldados e disse que “os soldados turcos têm toda a sensibilidade para que os civis não sofram com esta operação”.

 

Star: “Foram atingidos 153 alvos”

Nos primeiros dias da Operação Ramo de Oliveira, iniciada para erradicar o terrorismo em Afrin, foram bombardeados um total de 153 alvos do PYD e do DAESH, tanto por ar como por terra. As Forças Armadas da Turquia informaram que a operação, que tem como alvo apenas os terroristas, continua como planeado.

 

Vatan: “Os veículos aéreos turcos não tripulados foram usados pela primeira vez em Afrin”

Os veículos aéreos não tripulados turcos, também conhecidos por drones, que foram desenvolvidos com recurso às mais recentes tecnologias, foram usados pela primeira vez em Afrin durante a operação Ramo de Oliveira. Estes veículos aéreos não tripulados, constituem uma parte importante do arsenal das Forças Armadas da Turquia nesta operação. Enquanto os soldados turcos destroem um a um os ninhos dos terroristas, estes elementos procuram sítios para onde fugir.



Notícias relacionadas