Tillerson permanecerá no cargo até 31 de março

Destituído por Trump, o ex-funcionário ofereceu uma conferência de imprensa sobre a demissão no cargo

Tillerson permanecerá no cargo até 31 de março

O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, disse que vai afastar-se do cargo em 31 de março depois de ter sido demitido pelo presidente Donald Trump e delegar seus deveres ao subsecretário John Sullivan.

Tillerson falou de sua demissão na conferência de imprensa no Departamento de Estado.

Destacado por seu estado sentimental, o ex-funcionário informou que recebeu uma chamada na terça-feira do presidente dos Estados Unidos enquanto viaja no avião Air Force One para a Califórnia.

O recém despedido titular dos Exteriores, informou que deixará suas funções em 31 de março e agradeceu aos seus colegas.

"Vou me despedir dos meus colegas com quem eu trabalhei no Departamento, todos nós juramos cumprir nossos deveres corretamente, eu não deixei meu juramento, o exército dos EUA nos protege, como americanos, estamos muito agradecidos com eles. Alcançamos o cessar-fogo na Síria e salvamos a vida de milhares de pessoas", expressou.

O ainda secretário de Estado Rex Tillerson informou que delegará suas responsabilidades para o subsecretário de Estado John Sullivan hoje e que se iniciará o processo de transição para a substituição do atual diretor da Agência Central de Inteligência (CIA), Mike Pompeo.

Trump anunciou ontem através de sua conta social a demissão de Tillerson, que será substituído por Mike Pompeo, que até agora ocupava o cargo de diretor da CIA.

Mais tarde, Trump, em suas declarações à imprensa na Casa Branca, afirmou que eles tiveram problemas com Tillerson sobre alguns assuntos.



Notícias relacionadas