Exército iraquiano e Hashid Al Shaabi concentram-se militarmente em Kirkuk

O envio militar do Exército sírio e Hashid Al Shaabi visa controlar os poços de petróleo, o aeroporto e as bases militares controladas pelos Peshmerga

Exército iraquiano e Hashid Al Shaabi concentram-se militarmente em Kirkuk

A Agência de Segurança da Administração Regional Curda do Iraque (IKBY, por suas siglas em turco) afirmou que o Exército iraquiano e Hashid Al Shaabi estão se concentrando militarmente em Kirkuk e que planejam controlar os poços de petróleo e o aeroporto militar.

A Agência de Segurança, em sua declaração no Twitter, disse que o Exército iraquiano e Hashid Al Shaabi estão enviando tanques, hummers e outras armas pesadas para o bairro de Tazehurmatu e para a vila de Bashir, ao sul de Kirkuk.

Foi alegado que o envio militar do Exército sírio e Hashid Al Shaabi visa controlar os poços de petróleo, o aeroporto e as bases militares controladas pelos Peshmerga.

Foi ainda afirmado que há 3 quilômetros entre os Peshmerga e o Exército iraquiano e as forças de Hashid Al Shaabi.

O comandante dos Peshmergas da Frente Ocidental em Kirkuk, Kemal Kerküki, disse que Hashid Al Shaabi está avançando do sul da cidade e que há uma tensão militar na região.

Ele afirmou que todas as forças dos Peshmerga estão divididas nas posições, e isso dará a resposta necessária para uma possível intervenção.

Ele acrescentou que alguns cidadãos se armaram voluntariamente e se opõem à entrada de Hashid Al Shaabi na cidade.

Por outro lado, o primeiro-ministro iraquiano, Haider Al Abadi, em sua declaração sobre o assunto, antes indicou que não irão começar uma guerra com os curdos.

Enquanto isso, um ataque armado foi lançado contra o escritório de Kirkuk do Partido islâmico Dawa do primeiro-ministro Haider Al Abadi.

A polícia de Kirkuk, Nejdat Vendavi, informou que não houve perda fatal, mas que o prédio foi danificado.

Vendavi disse que ataques semelhantes aumentaram nos últimos tempos em Kirkuk, acrescentando que as medidas de segurança foram fortalecidas na região.



Notícias relacionadas