Os líderes do sul da Europa querem manter o acordo de refugiados com a Turquia

Os líderes da França, Espanha, Portugal, Malta, Grécia e a administração grego-cipriota reuniram-se na 4ª cúpula dos líderes dos países do sul da Europa em Roma.

Os líderes do sul da Europa querem manter o acordo de refugiados com a Turquia

Os países do sul da Europa exigiram a manutenção do acordo de refugiados alcançado com a Turquia.

Os líderes dos seguintes países da UE: França,  Espanha, Portugal, Malta, Grécia e a administração grego-cipriota reuniram-se na capital italiana.

Os principais temas da cúpula foram a imigração, a situação financeira e o crescimento econômico.

Os sete países lançaram uma declaração conjunta enfatizando a necessidade de reduzir as diferenças entre o sul e o norte da Europa.

Foi destacado que a gestão do fluxo migratório será mais difícil para a UE nos próximos anos e que é necessário cumprir integralmente o acordo de refugiados assinado com a Turquia.

A declaração também expressou que os países do sul são os mais afetados pela onda de migração, e um chamado foi feito à União Européia (UE) para distribuir a carga.

O fato de a Turquia continuar comprometida com sua parte do acordo, enquanto a UE faz vários pretextos sobre o cumprimento das suas responsabilidades, vem provocando discussões entre a UE e a Turquia.



Notícias relacionadas