Explosão por vazamento de gás na Bolívia deixa oito mortos

Oruro viveu o grande dia de seu Carnaval, com um desfile que aconteceu diante de milhares de pessoas perto do local onde a explosão foi registrada.

Explosão por vazamento de gás na Bolívia deixa oito mortos

O número de mortes aumentou para oito e 34 feridos ainda estão hospitalizados após uma explosão em Oruro (oeste), que as autoridades confirmaram devido ter ocorrido devido a uma fuga de gás perto do Carnaval maciço da cidade.

A polícia boliviana inspeccionou o local do incidente no início da manhã, em uma encruzilhada onde, no momento do incidente, estavam vendedores ambulantes, aproveitando o afluxo de pessoas para o desfile do Carnaval.

Especialistas criminais, forenses e explosivos, acompanhados por bombeiros e técnicos da Agência Nacional de Hidrocarbonetos da Bolívia, coletaram amostras no local, além de tomar medidas e tirar fotografias.

As autoridades sanitárias do país informaram mais tarde que a polícia confirmou que a explosão era devido a um vazamento de gás, depois de derramar o óleo de fritura em um decantador com este combustível em uma barraca de comida móvel.

De acordo com dados do Ministério da Saúde da Bolívia, entre os mortos há quatro menores de idade, três crianças e um adolescente, após a explosão que ocorreu ontem a tarde, que também causou quarenta feridos, dos quais os mais leves foram descarregados.

O restante, 23 permanecem hospitalizados em Oruro e os nove mais sérios foram transferidos para La Paz, vários deles para um centro especializado em danos oculares.

Oruro, de cerca de 285 mil habitantes, viveu ontem o grande dia de seu carnaval, com um desfile que correu com a participação de milhares de pessoas perto do local onde a explosão foi registrada.



Notícias relacionadas